Aquários de São Paulo

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

Aquário de São Paulo

O maior aquário do Brasil promete uma experiência inesquecível. São 60 mil m² divididos em quatro seções: Oceanário, Água Doce, Museu Paleontológico e Vale dos Dinossauros, todas elas ambientadas em uma cenografia tematizada e realista, cheia de réplicas perfeitas.

Inaugurado em junho de 2006, foi o primeiro aquário temático da América Latina, com mais de 200 espécies. No ano de 2008, em comemoração aos dois anos de funcionamento, o Aquário ganhou de presente uma ampliação, para a construção do maior oceanário da América do Sul, com 1 milhão de litros de água salgada.

São aproximadamente três mil animais em exposição, entre tubarões de mar aberto, moreias gigantes e outras preciosidades da fauna marinha, que nadam livremente em uma cabine subaquática com enormes vitrines acrílicas transparentes que provocam no visitante a sensação de estar no fundo do mar.

O cuidado com o realismo não para por aí: réplicas de um submarino da época da Segunda Guerra Mundial e de um navio naufragado – construídas com visores gigantes e tetos transparentes – complementam o espetáculo, numa tematização é inédita em todo o mundo.

No setor de água doce, as atrações são os peixes e animais do Pantanal e Amazônia, além de uma reprodução autêntica dos mangues do litoral paulista, com árvores típicas, caranguejos de cor vermelha, siris azuis e outros elementos.

O Aquário de São Paulo tem ainda uma série de recursos interativos, além do Museu Paleontológico e o Vale dos Dinossauros, que trazem réplicas de seres gigantes que habitaram a terra há milhões de anos.

Dica: você vai se arrepiar com a sucuri filhote de seis metros de comprimento, se encantar com os jacarés albinos, se divertir com os pinguins e se espantar com os maiores morcegos do mundo, conhecidos como Raposas Voadoras.

Passeio turístico pelo bairro do Ipiranga

O Aquário de São Paulo inaugurou em julho de 2009 uma nova opção de entretenimento para seus visitantes: um passeio pelo histórico bairro do Ipiranga, a bordo de uma Jardineira da década de 1930. O trajeto inclui pontos importantes do bairro, como a mansão de Ricardo Jafet, que foi diretor da Mineração Geral do Brasil Ltda. e presidente do Banco do Brasil entre 1951 e 1952, o convento Madre Paulina, o museu de zoologia, o Parque da Independência e o Museu do Ipiranga. Embalados ao som de músicas daquela época, os visitantes são guiados por um monitor que conta histórias e curiosidades a respeito desses pontos do bairro.

Serviços:

Rua: Huet Bacelar, 407 – Ipiranga
Telefone: (11) 2273-5500
Funcionamento: de segunda a domingo, das 9h às 18h
Ingressos:  R$ Consultar (preço promocional às segundas-feiras).
Pessoas acima de 65 anos têm desconto de 50%.
Grátis para deficientes físicos cadeirantes.
Formas de pagamento: dinheiro, cheque, cartão de débito.
Vendas antecipadas: Ticketmaster
Passeio de Jardineira pelo bairro do Ipiranga
Sábado e domingo, das 9h às 18h
Valor do ingresso: R$ Consultar
Site: Site Aquário de São Paulo
Fonte: Cidade de São Paulo
Distrito: Ipiranga